Incentivar e contribuir para que as empresas, entidades de classes, associações, fundações, administração pública, assim como as pessoas em geral, como agentes operadores da mudança, busquem na autonomia da vontade o princípio básico para solução das suas controvérsias, quer sejam elas de ordem moral, material ou comercial, realizada através da conciliação, mediação e arbitragem sob a administração da CAMAXIN.